terça-feira, 24 de abril de 2007

Dica: Preparação do motor v8 302 canadense do Maverick


Todos já sabemos que o V8 302 que equipa boa parcela dos Mavericks é um estupendo motor.Mas que tal melhorar um pouco o desemprenho? Posto aqui 3 dicas de veneno para esse motor,ora privilegiando consumo,ora desempenho.
Dica 1 - Diminuição do consumo - Ganho no desempenho quase nulo:
Com esse preparo, consegue-se uma média de 11 km/l na estrada e quase 7 km/l na cidade. É um preparo de baixo custo, e muito simples de se fazer. Basicamente, só ha mudança na carburação e na ignição. Você não precisa nem mudar a relação do diferencial. No carburador aconselho um HOLLEY 650 com secundário a vácuo e a admissão pode ser uma PERFORMER RPM. Distribuidor Mallory Unilitee uma Bonina Pro-Master. Potência máxima atingida em torno de 4.500 RPM.
Dica 2 - Preparo parecido ao Maverick Quadrijet só que mais bravo:
Com esse preparo, a média fica em torno de 8 km/l na estrada e 5,5 km/l na cidade. Preparo igual ao número 1 mais um comando Dual Patern hidráulico não passando de 285 na admissão e 295 no escape;
Trabalho no cabeçote (aumento na taxa para 9,5). Trabalho no duto de escapamento, embreagem importada, com plato de alta pressão e disco compatível. Você consegue andar mais do que qualquer carro nacional, tanto de arrancada quanto de final. A final vai pular para 220 Km/h real. Por isso aqui você já precisa estar com a suspensão feita conforme já mencionei acima. A aceleração de 0 a 100 vai variar de 6,5 a 7 segundos. Melhor usar pistões forjados. Potencia máxima entre 5000 e 5600 RPM.
Dica 3 - Alta performance, 0-100 em torno de 5 segundos, final em torno de 230 Km/h real. Relação do Diferencial recomendada: 3.31 (do Maverick 6cc), e só por curiosidade, esse carro esta fazendo 400 metros em menos de 11 segundos (com pneus de rua);
Carburador: HOLLEY 650 mecânico
Ignição: MSD 6 - AL com distribuidor MSD e bobina MSD
Cabeçote de Alumínio Edelbrock com válvulas 2.02 de admissão e 1,60 de escape
Comando mecânico na faixa de 290 a 300 graus
Cambio de Mustang T-5 (é preciso adaptar o acionamento da embreagem e a travessa central)
Obrigatório o uso de pistões forjados.
Coletor de escape dimensionado (quase impossível de por, levei 3 dias para conseguir, mas vale a pena).
Retirar os silenciosos e colocar no lugar os FlowMaster, fazendo duas saídas de 3 polegadas cada.
Basicamente é isso. Potência máxima a 6500 RPM.

Um comentário:

Anônimo disse...

Muito bom o post,parabéns!

Motigo